:cpha_discord_icon_yes: HA em Proxmox - Parte 1, Instalar o Proxmox

O Proxmox é uma solução gratuita e open source de virtualização para um grande número de sistemas operativos. Este software usa o Hypervisor KVM (Kernel-based Virtual Machine) e containers LXC (LinuX Containers), para realizar a gestão de máquinas virtuais (VMs), redes virtualizadas, armazenamento e clustering de alta disponibilidade (HA - High Availability).

Os requisitos mínimos de hardware para executar o Proxmox são:

  • Processador: Intel 64bit ou AMD 64bit
  • Motherboard: Intel VT (VT-X e/ou VT-D) ou AMD-V
  • Memória: 1Gb
  • Placa de rede: 1

NOTA: A memória referida no ponto anterior é apenas a memória utilizada pelo Proxmox. Para utilizarem em pleno e criarem VMs devem ter pelo menos 4 ou 8Gb de memória.

Antes de iniciarem a instalação devem confirmar na BIOS do equipamento se a virtualização está activa. Tenham em atenção que poderão existir mais do que uma opção referente à virtualização (a virtualização em si, o VT-X, o VT-D, etc.).

Actualmente na versão 6, a imagem do Proxmox pode ser descarregada em https://www.proxmox.com/en/downloads . Depois de efectuarem o download, devem gravar uma pen com a imagem descarregada (com o Balena Etcher por exemplo).

Processo de Instalação

Este guia pressupõe que têm teclado, rato e monitor instalados no vosso sistema. São precisos apenas para a instalação e configuração inicial mas durante o funcionamento normal não são necessários, por isso no caso de estarem a instalar num NUC ou similar no fim deste guia podem desligar estes periféricos.

Para configurarem o Proxmox 6 no vosso sistema, sigam estes passos:


  1. Inserir a pen e ligar o vosso sistema. Ao fim de uns segundos irá aparecer o seguinte ecrã, onde devem escolher a opção Install Proxmox VE.


  1. Na página seguinte é apresentada a licença de utilização do Proxmox, carregar no botão I agree.


  1. Nesta página escolhem o disco onde querem instalar o Proxmox. Por defeito, fica pré-seleccionado o primeiro disco disponível no sistema. Para continuar, escolham Next.


  1. De seguida devem escolher o país, fuso horário e layout do teclado. A selecção do teclado é muito importante pois poderá influenciar a escrita de passwords com sinais de pontuação ou outros caracteres acentuados. Seguir escolhendo Next.


  1. A página seguinte é para a segurança do sistema, onde devem escolher uma password e o endereço de email de contacto. Por segurança, devem testar no campo e-mail se o vosso layout de teclado está correcto. Se não estiver correcto, seleccionem Previous e façam as alterações necessárias. Se estiver tudo bem preencham normalmente os campos. Para continuar, escolham Next.


  1. Nas configurações de rede os campo são pré-preenchidos com a informação obtida da rede e que nem sempre estará certa. Configurem ao gosto e tenham em atenção o campo hostname. Este campo vai pegar na palavra que for escrita antes de .localdomain para gerar o nome da vossa instalação, neste caso proxmox. Continuem a configuração escolhendo Next.


  1. De seguida é-vos apresentado um resumo da configuração que vai ser utilizada no vosso sistema. Se tudo estiver correcto escolham Install.


  1. O Proxmox leva apenas alguns minutos a instalar mas se for preciso podem ir fazer xixi ou beber um café… :wink:


  1. E pronto, instalaram com sucesso o Proxmox 6 no vosso sistema! Carreguem em Reboot e retirem a pen da instalação, já não vai ser precisa de novo.


  1. Após o reboot o sistema, vão ver o ecrã abaixo onde podem fazer o login no vosso sistema para executar a segunda parte deste guia. Para efectuarem o login, o utilizador do sistema é root e a password é a escolhida no passo 5.


  1. Ao acederem ao endereço que é apresentado no ecrã do passo anterior, terão acesso à vossa instalação de Proxmox. Ao abrir a página, será pedido de novo o utilizador e password para acesso ao sistema (ver passo 10).

NUCmox11


  1. Feito o login, aparecerá um aviso que podem ignorar e que tem a ver com o facto de não terem uma subscrição paga. Isto não é uma limitação do sistema é apenas um aviso (chato) e todas as funções do Proxmox estão, e estarão sempre, activas. Embora possam ser temporariamente desligados estes avisos, acabarão sempre por voltar a aparecer (ver passo 13).

NUCmox12


  1. Sucesso, o Proxmox 6 está instalado e pronto a ser utilizado! Reparem que o nome do primeiro nó (proxmox neste caso) é o mesmo que foi escolhido no passo 6 deste guia. Este nome permite, caso tenham mais que uma instalação de Proxmox na vossa rede, distinguir entre elas.


  1. Agora, na linha de comandos do Proxmox devem escrever o seguinte para (tentar) remover o aviso de de subscrição inválida (tudo numa só linha):

sed -i.bak "s/data.status !== 'Active'/false/g" /usr/share/javascript/proxmox-widget-toolkit/proxmoxlib.js && systemctl restart pveproxy.service

Depois:

cp /usr/share/javascript/proxmox-widget-toolkit/proxmoxlib.js{,.bak}

E finalmente:

sed -i "s/if (data.status !== 'Active')/if (false)/" /usr/share/javascript/proxmox-widget-toolkit/proxmoxlib.js


  1. Por fim, devem adicionar o repositório da comunidade executando o comando:

nano /etc/apt/sources.list

E substituir o conteúdo pelo seguinte:

deb http://ftp.debian.org/debian buster main contrib
deb http://ftp.debian.org/debian buster-updates main contrib

# PVE pve-no-subscription repository provided by proxmox.com,
# NOT recommended for production use
deb http://download.proxmox.com/debian/pve buster pve-no-subscription

# security updates
deb http://security.debian.org buster/updates main contrib

EDIT 2020-02-25

Foi verificado que em algumas instalações existe um erro no update ao Proxmox. Se for o vosso caso usem o comando nano pve-enterprise.list, comentem todas as linhas do ficheiro, gravem e tentem de novo o update.

Notas Finais

Por curiosidade, os screenshots deste guia foram retirados de uma instalação de Proxmox feita numa VM de… Proxmox! É este o nível de flexibilidade que irão ter ao utilizar este sistema.


Outros guias desta serie :

HA em Proxmox - Parte 1, Instalar o Proxmox
HA em Proxmox - Parte 2, Criar uma VM
HA em Proxmox - Parte 3, Instalar o HA

1 Like

Bem, o manual está espetacular e eu consegui por a funcionar (numa VM).

Queria deixar aqui, para o caso de outras pessoas também obterem o mesmo erro que eu obtive, embora não sendo critico, é chato.

Na interface, e no momento de update pode receber o erro que falhou ao verificar as atualizações e que, no detalhe tem algo semelhante a isto:

E: Failed to fetch https://enterprise.proxmox.com/debian/pve/dists/stretch/pve-enterprise/binary-amd64/Packages 401 Unauthorized
E: Some index files failed to download. They have been ignored, or old ones used instead.

Basicamente, na interface poderemos ter algo deste género:

E ao consultar os detalhes, vemos algo parecido:
Annotation%202020-02-11%20171859

Após uma pesquisa, este erro deve-se ao facto do ProxMox tentar fazer atualizações utilizando um repositório para quem tem subscrição. Assim, para ultrapassar esta situação basta:

Editar o seguinte ficheiro:
/etc/apt/sources.list.d/pve-enterprise.list

E apagar ou comentar a linha:
deb https://enterprise.proxmox.com/debian/pve buster pve-enterprise

E pronto, o erro desaparece.

Fonte: Proxmox Fórum

Se tiveste esse erro possivelmente não executaste o passo 14…

Executei, ou melhor alterei o ficheiro conforme indicado no passo 14.

e também executei o passo 13.
Não dei relevancia ao erro porque podem surgir erros e como eu estou a correr isto no virtualbox… daí ter colocado esa solução :slight_smile:

1 Like

Olá Jorge,

Antes de mais parabéns pelo excelente trabalho que tens feito.

Tenho uma dúvida de iniciante. Tenho um NUC com windows 10, adquirido para correr o HA, ser um media center e NAS.
Queria perceber as razões para instalar o Proxmox numa VM e depois o HA dentro do Proxmox e não instalar o HA direto dentro de uma VM? Ou seria melhor colocar o Proxmox como SO do Nuc e depois ter as varias VM’s dentro ?

Desculpa a questão mas estou a iniciar :slight_smile:

O Proxmox sendo baseado em Deviam é bastante leve em termos de ocupação de recursos, uma instalação normal consome cerca de 1gb de memória. Se usares o Windows como SO base podes multiplicar esse valor por 4 ou 5…

Assim sendo, e caso a máquina tenha os recursos necessários, podes até instalar o Proxmox e correr uma VM com o Windows sem problema.

Olá Jorge,

É um nuc com 8gb de ram e o processador gemini J5005 + 180gb ssd.

Se eu instalar o proxmox como SO base, não tenho acesso à interface dele a não ser por um browser, correto? Vi algures na net que só tenho acesso via linha de comandos.

Correcto, o Proxmox é um SO para virtualização para ser usado em modo headless.

Se tivesses visto o tutorial com atenção, terias reparado que existem capturas de ecrã da interface do Proxmox. Não estou a compreender a questão…

A resposta à 2a parte da minha dúvida, respondeste na primeira parte.
“Proxmox é um SO para virtualização para ser usado em modo headless”
Obrigado :slight_smile:

Segui o tutorial todo e correu tudo bem à primeira :ok_hand:
É normal o Ubuntu com o HA ainda sem, automações, sem devices configurados, estar a consumir tanta RAM?

Sim, e não é o Ubuntu a consumir é mesmo o HA. O Supervisor gosta de reservar o máximo de memória possivel, se baixares a memória para 2gb ou aumentares para 4gb vais ver que a utilização da memória é a mesma.

Obrigado mais uma vez Jorge.

3GB é suficiente para um funcionamento estável do HA?

O meu está assim e a funcionar perfeitamente com 13 addons:

image

Tens o servidor MQTT como addon do HA ou num container lxc?

Tenho como Addon mas também funciona bem em LXC.

Perguntei pelo fato que tenho lido que num lxc reduz significativamente o consumo de RAM e processador, era para saber como já tens muita experiência no HA se realmente compensa instalar num container, ou se praticamente não se notam diferenças.

Obrigado
Cumprimentos

Em termos de consumo de recursos não faz grande diferença, o que realmente os distingue é o facto de que o addon instalas com um click e o LXC tens de criar tu o container, instalar um SO, instalar o broker, configurar, fazer updates, backups, etc.

Desconhecia esta solução do Proxmox e acho que é de ter em conta, obrigado pela partilha
Embora ache muito interessante esta solução tenho algumas duvidas:
1 - é possível alterar a interface do Proxmox para fundo preto e letras brancas? É que tenho um problema de visão o qual me dificulta muito a utilização de interface que não seja dark. No Windows não tenho problemas porque ha ferramentas para resolver isto.
2- Quanto estável é o Proxmox?
3- Qual a perca de rendimento do Windows 10 a correr no Proxmox e se o mesmo tem acesso a todas as funções da maquina como portas usb, placas de rede etc…?

1 - Nunca tentei alterar e o Proxmox não tem nenhuma opção para o fazer mas não vejo motivo para não dar. E até há exemplos:

2 - O Proxmox é MUITO estável.

3 - Tudo depende da máquina em que vais colocar o Proxmox. Desde que haja recursos para disponibilizar para a VM de Windows não vejo problema. O @Luis_Andrade poderá mais informações sobre o assunto.

Obrigado
Ja agora sabes dizer se posso em alternativa fazer tudo por navegador de Internet noutra maquina na rede? Assim se calhar ja não precisava alterar o tema

O Proxmox é um sistema headless e tem de ser usado a partir de outra máquina através do browser.


Copyright © 2017-2020. Todos os direitos reservados
CPHA.pt - info@cpha.pt


FAQ | Termos de Serviço/Regras | Política de Privacidade