Principiante em HA e Domotica

Viva,

Sou recentemente chegado ao mundo do Home Assistance e da Domotica em geral.

O mais proximo disso que tenho (e na altura já foi com base em leituras aqui pelo forum), foi um SonOff com sensor de temperatura, para tentar controlar o aquecedor no quarto da minha pequena com eWeLink.

Nunca funcionou muito bem a funcionar com intervalos de temperatura, penso que pelo facto do sensor ficar relativamente baixo fazia com que para detectar a diferença de temperatura fosse necessário aumentar bastante a temperatura do quarto em geral.

Então, agora queria começar a fazer umas brincadeiras com o HA.

Para já tenho apenas instalado numa maquina virtual, para ir ambientando e percebendo do que se fala. O proximo passo será comprar e colocar no RPi.

Para iniciar, queria apenas medir temperaturas das divisões (quatro) da casa e do exterior.

Posteriormente, controlar o dito aquecedor consoante a temperatura.

Aqui começa a primeira dúvida: tendo em conta que a casa é alugada, não quero andar a passar fio e gostava que fossem “autoalimentados”

Pelo que vi, os sensores da Aqara resolvem o meu problema. Gostava de os utlizar com alternativa à gateway (zigbee2mqtt?!?).

Malta experiente, será esta a melhor opção?

Obrigado por qualquer ajuda que possam dar. Já percebi que isto é um mundo e as opções são muitas.

Cumprimentos,
Gonçalo Pacheco

Antes de mais, bem vindo @goncalopacheco!

Os sensores da Xiaomi (tanto os THP como os TH) são bastante bons e a opção do Z2M permite-te no futuro poderes usar equipamento de outras marcas. E se o CC2531 não tiver alcane suficiente o IKEA tem uns repetidores de sinal bastante baratos (<10€).

Já quanto ao controlar o aquecedor muito cuidado! Material fabricado na China deve ter uma margem de segurança de uns 20% pelo menos e tendo em conta que um aquecedor “normal” tem pelo menos 2000W não conheço nada que sirva para o efeito tirando um contactor controlado por um sonoff.

Ficam aqui duas imagens e um link para perceberes o que estou a dizer…

https://www.google.com/search?rlz=1C1CHBF_enPT784PT785&q=sonoff+basic+burn&tbm=isch&source=univ&sa=X&ved=2ahUKEwjRo4qCq_HjAhX0AWMBHbxPBU0QsAR6BAgIEAE&biw=1920&bih=1009

Obrigado @j_assuncao!

Ando ainda a investigar. E a tentar perceber como funciona o HA.

Quanto ao SonOff, felizmente não tive problemas, mas confesso que nunca me lembrei de que os poderia ter.

Também talvez não os tenha tido, porque o aquecedor/convector tem 3 opções: 750w, 1250w e 2000w, mas ficava sempre no minimo. Talvez também por isso, depois de ligar nao atingia a temperatura para desligar.

Obrigado,
Um abraço

Com esse tipo de coisas convém pensar sempre muito bem sobre o que pode correr menos bem.

Os sensores de temperatura/humidade devem ser colocados na parede a cerca de 1,10 a 1,30 do chão, embora eu costume colocar no topo da sanca da porta. Esta altura é cerca de metade da altura do pé-direito de uma casa “normal” e é a altura mais correcta de colocar os sensores pois o calor sobe (logo se estiver muito baixo não mede correctamente) e o frio desce (logo se estiver muito alto não mede correctamente).

Outra coisa a ter em atenção é que o aquecimento e o sensor não devem estar na mesma parede pois assim vai medir o calor libertado pelo aquecimento e não a temperatura do ar. Normalmente devem ficar em paredes opostas ou numa lateral.

P.S.: O sensor nunca deve ficar numa posição em que apanhe luz do sol directa porque isso vai influenciar a medição correcta da temperatura.

1 Like

Bom dia a todos,

Obrigado mais uma vez @j_assuncao

Entretanto já vem a caminho (é capaz de demorar) o CC2531, mais o programador.

Tenho de começar a tratar do RPI também e dos sensores.

Irei dando novidades.

Obrigado,
Gonçalo Pacheco

1 Like

Considera antes um NUC com Proxmox a correr o hass.io numa vm… e utilizares o resto dos recursos disponíveis para outras vms (nas,…). Apesar do rpi ser solução, iras ficar limitado no futuro e a experiência do presente não será a melhor… com o iminente prejuízo do cartão sd falhar (acontece com muita frequência em sistemas 24/7 com muita leitura e escrita)

Provavelmente, a maior vantagem em utilizares VM é fazeres snapshots e rollback muito rapidamente o que para quem está a começar é muito importante e irás, garantidamente, poupar muitas horas de espera.

1 Like

Obrigado @Luis_Andrade.

Vou investigar essa opção, mas não será um investimento inicial considerável quando comparado com RPi?

Cumprimentos,
Gonçalo Pacheco

Depende do NUC. Se fores comparar preços de um pi4 com 4GB de RAM mais um sd de 64 Vs um n4000 com 8 GB RAM (16 será o ideal para ter mais VMs) e um disco de 256… a diferença poderá rondar os 60€. Contudo, a performance, capacidade e versatilidade será muitas vezes superior por um acréscimo de ~ 1/3 do investimento. Em termos de consumos energéticos, não será expectável grandes surpresas de diferença visto o tdp de um celeron é muito baixo (~10w). Se procurares aqui no fórum tens muita informação sobre este tipo de equipamentos e instalação… dificilmente, vais ter um utilizador que se tivessem optado de início sobre esta solução não tinham passado pelo rpi :smirk: . Certo @j_assuncao , @Encarnacao , @jpm , @miruim ,…?!

2 Likes

rpi+sd card (dedicado HA)
rpi+ssd (dedicado HA)
nuc: "ligeiramente mais pontente do que o luis sugere mas a correr muito mais coisas)
ainda ha o nivel acima que é quem tenha cluster’s de alta disponibilidade :smile:

Diria que é uma evolução natura para quem está nisto para ficar e não apenas em testes.

2 Likes

@goncalopacheco tal como o @jpm referiu… existe um percurso que já foi feito por muitos de nós.

O NUC acredito ser o meio termo, para quem está certo que quer o HA . Será, garantidamente, uma boa solução para um principiante, que rapidamente irá procurar outras soluções diferentes do pi… e um “entusiasta” que procura só provar que é possível uma solução altamente robusta como um cluster :nerd_face:

Certo.

Estou a procurar ler o que anda no forum sobre o assunto…

Factores a ter em conta:

  • Não tenho nem uma nem outra solução, será sempre um investimento inicial (e aqui pende para o lado do NUC, pois não estaria a investir em algo para um dia trocar)

  • A casa é alugada e não está “preparada” para domotica, pelo que nunca será um projecto muito profundo, mas sim coisas relativamente básicas. ( e aqui parece que com o NUC estou a usar um canhão para matar uma mosca)

Muita leitura pela frente.

Obrigado a todos,
Gonçalo Pacheco

O NUC, para além da VM do HA, poderá ser utilizado para muitas outros serviços de rede ( NAS, media server, download, cloud pessoal, gravador de tv, voip e iptv server,…) e até ser reutilizado, mais tarde, para retro gaming, media center, pc, …

A parte de expansão (aumentar a RAM e armazenamento) poderá ser também uma mais valia.

Caso comeces a utilizar mais addons (grafana, influx, plex,… ) a carga no equipamento vai ser notória.

Contudo, nesta matéria, não é possível dizer da nossa parte qual será a tua melhor opção. Sempre depende da necessidade individual, prespectiva de futuro e disponibilidade orçamental pessoal.

Se pretendes arrancar já com o mínimo investimento possível, o rpi resolve, … ou, até melhor, um portátil antigo que esteja encostado … mas, tal como disse inicialmente, um acréscimo no investimento, resulta num ganho exponencialmente superior, com praticamente o mesmo impacto financeiro nos consumos energéticos.

1 Like

Tudo depende de qual a tua expectativa de futuro. Aconselho a usar um portátil antigo com Ubuntassio agora de inicio.

A decisão posterior entre a compra de um Rpi ou de um NUC terá a ver, na minha opinião, com o se queres usar a domótica de um modo básico e ligar/desligar luzes, integrar tecnologias diferentes, etc (opção Rpi) ou se queres transformar a casa numa casa inteligente e apagar luzes quando não está ninguém em casa, ligar a climatização quando estás a chegar a casa, sugestão da hora a que sais de casa em função do transito e muito mais (opção NUC).

Mas tudo depende do teu orçamento e expectativas.

P.S.: Existem várias pessoas com NUC como solução e moram em casa alugadas. O mais importante é a tua opção por que tipo de dispositivos a utilizar.

Tudo o que o @j_assuncao descreveu para o NUC é perfeitamente passível de fazer no rpi, sem qualquer tipo de lag, na minha opinião… A vantagem do NUC virá mais do facto de o rpi usar um cartão SD, com os (grandes) problemas que isso traz e da rapidez com que consegues fazer testes e reverter eventuais asneiras… Além de que se quiseres câmaras, esquece o rpi…
Mas lá está, cada caso é um caso. Por exemplo, eu uso uma box (ex)android com software modificado e não podia estar mais satisfeito! :wink:

2 Likes

9 posts were split to a new topic: Problema na configuração de cameras

Boa tarde,

Peço desculpa pela ausência de respostas, mas alguns acontecimentos inesperados fizeram me afastar do mundo online.

Entretanto de volta ao tema, ainda sem decidir o que usar, apenas a parte do cc2531 esta tratada que entretanto já chegou.

Um abraço,
Gonçalo Pacheco

Boa tarde,

Já se passaram meses e nada avançou.

Vim cá apenas para dar razão à utilização do SonOff para controlar o aquecedor. Não chegou a nada do que se vê nas imagens, mas ia começar a esturrar.

Penso que o que teve na origem, foi uma mudança de local em que um fio saiu do sitio. Ainda assim, para mim já está inutilizado.

Agora estava a investigar a BroadLink SP3S-EU, para poder ligar e desligar à distância, para já com a respectiva aplicação.

Tendo em conta que o aquecedor tem três níveis 750W, 1250W, 2000W mas apenas é ligado no mínimo e que nas especificações diz que suporta até 3000W, penso que ainda tenho margem para o “factor cagaço”. Será?

Cumprimentos,
Gonçalo Pacheco

1 Like

tenho também um aquecedor da agua que usa resistencias e consome 2000W constantes quando ligado.
Estou a usar neste momento este: https://www.blitzwolf.com/Blitzwolf-BW-SHP2-Wifi-Smart-Socket-EU-p-244.html
E para já sem problemas

Sim, com essa tomada já ficas com um coeficiente de cagaço razoável. Embora, para 2000W ou mais, eu optasse por um contactor e um Sonoff basic.

Bom dia,

Obrigado pelas opiniões. Dificilmente irá estar ligado acima dos 1250W e mesmo neste valor será acompanhado e não em “automático”.

Obrigado,
Gonçalo Pacheco


Copyright © 2017-2020. Todos os direitos reservados
CPHA.pt - info@cpha.pt


FAQ | Termos de Serviço/Regras | Política de Privacidade