Domus 40 - EFAPEL

Olá,

Estive a ver esta nova linha da Efapel e aparentemente, até em conversa com um técnico, penso que este sistema seja fechado e portanto não é possível de qualquer forma integrar no Home Assistant.

Isto tem cerca de 2 meses, mas alguém tem ideia se será mesmo assim fechado?

Como tenho aparelhagem Efapel em casa, esta solução seria ideal para mim mas queria que funcionasse com o Home Assistant.

O hub deles é zigbee, mas não sei se os devices ficam expostos ou não.

Alguém sabe? / Alguém já testou isto?

Existem outros ecosistemas supostamente fechados (Phillips HUE, IKEA, TUYA, etc.) que podem ser utilizados com gateways multi-sistema como a Conbee, Slaesh, CC2538+CC2592, CC2652RB entre outras.

A EFAPEL utiliza com certeza o protocolo Zigbee na sua quase totalidade, por isso será relativamente fácil de utilizar com uma gateway multi-sistema e a integração Z2M no HA que permite adicionar dispositivos ainda não suportados oficialmente.

Esqueci-me de adicionar o link para o pdf com toda a informação no post original.

Eles usam uma chave por hardware para segurança da rede interna a que os dispositivos vão pertencer. Isto permite usar o sistema sem hub. No entanto, com hub, de facto deveria poder ser descoberto no HA. Não sei é se a forma como implementaram isto, permite mudar o estado dos devices…

Os equipamentos do IKEA e da Philips também funcionam sem hub, basta emparelhar directamente. A implementação é a dos grupos Zigbee, é criado um grupo Zigbee e dentro daquele grupo os equipamentos vêem-se uns aos outros. Não acredito que a Legrand se tenha dado ao trabalho de implementar algo diferente.

E os manuais dos fabricantes não são mais do que publicidade e condicionamento para os clientes lerem e acharem que aquilo é o melhor que existe à face da terra. A exemplo disto, ainda recentemente fui à FIL à feira de domótica (Portugal Smart Cities Summit 2021) a convite de uma empresa do sector e aquilo revoltou-me um pouco as entranhas. Estavam lá uns senhores (à falta de melhor palavra que não seja vernáculo) que estavam a vender umas fechaduras inteligentes que utilizavam uma “tecnologia recente e inovadora” (palavras do vendedor, que me pareceu perceber tanto daquilo como eu de física nuclear) chamada Bluenet… Olhei para uma porta que eles lá tinham para fazer a demonstração e vi uma Danaloc com Bluetooth… E isto era uma feira para pessoal ligado ao sector…

Por isso, se tiveres um apito daqueles de plástico podes dizer que é uma gaita de foles feita à mão desde que tenhas dinheiro para encher o mercado de publicidade sobre a dita “gaita de foles feita à mão”.

Se alguém quiser emprestar/doar um desses equipamentos da Domus40 da EFAPEL posso falar com alguém que percebe muito mais disto que eu para fazer uns testes e perceber se é integrável com o Z2M.

teres aparelhagem efapel dificilmente obriga ao uso disso. podes usar interruptores normais com módulos zigbee ou wifi por tras.
aliás, quase todos temos interruptores de aspecto “normal”. ninguém diria que tenho domótica, só de olhar e tenho tudo efapel…

Eu sei. E essa seria a minha primeira opção mas infelizmente não consigo colocar por exemplo um shelly dentro da caixa porque tenho muitos fios. Ainda estou à espera que façam uns módulos mais pequenos. Até lá, a solução seria ter algo que substituisse o miolo (por causa da falta de espaço).

Saiu agora uma alternativa ao shelly - https://evvr.io/products/in-wall-relay-switch - que é mais pequena mas já pedi informações e ninguém me respondeu sobre preços e disponibilidade.

estou 100% interessado em saber a mesma coisa…

Há talvez meio ano, estive com um representante comercial da efapel que já me tinha falado disto. Tanto que fiquei atento para ver assim que saísse para o mercado.

Estou em vias de comprar alguns equipamentos Domus40, includindo o home server para confirmar precisamente se é possivel integrar com o HA por via de um dongle ZigBee. Embora, tenho quase a certeza que sim.

Eu sei que há muita gente a vender algo usual como sendo uma nova tecnologia. Aliás, os Airpods da Apple, que, justiça seja feita, são muito bons, também foram apresentados como tendo uma tecnologia ultra mega revolucionária de ligação ao iPhone. No final é bluetooth.

Eu na verdade o que quero é muito simples: automatizar os meus interruptores. Não sendo possível por shellys por causa da falta de espaço, queria ver se esta alternativa dava porque tenho Efapel.

Tenho uma outra alternativa que era mudar tudo o que tenho pelos Legrand da Shelly que resolviam o problema de espaço. O problema é que eu tenho tanta tomada e interruptor, que o preço de mudar tudo ficava bastante caro. Só tomadas devo ter umas 85 em casa.

Ricardo, se puder deixar aqui feedback seria fantástico.

Farei, concerteza.

O meu problema é semelhante, pois em boa parte dos interruptores tenho 2 “canais” por caixa (São muito poucos os módulos zigbee capazes de controlar 2 saídas. ), também são todos efapel.

Chegou em boa hora.

Eu tenho 3 teclas em alguns sítios, tenho interruptores em todo o lado. A ver se a Shelly ou algum outro fabricante faz algo bem mais pequeno.

Os meus interruptores e tomadas mais antigas são Legrand, mas estou a mudar os mesmos para EFAPEL, conforme vou remodelando as divisões, na mesma altura substituo as caixa de aparelhagem para caixas fundas, e só não estou a substituir as caixas de derivação porque não encontro caixas duplas.

Porem, mesmo nas caixas de aparelhagem antigas consigo montar módulos ZigBee.

E estou à espera de um modulo ZigBee de 4 canais para montar na cozinha…

Não viste esta solução da Shelly? - https://shelly.cloud/wall-switch-for-smart-relays/
É compatível com um dos modelos da Legrand. Se a minha aparelhagem fosse Legrand mudava tudo para isso.

Em relação aos Zigbee, nomeadamente os que mostras aqui, eu estou compeltamente fora, não tenho nada zigbee, nem hubs nem nada. Isso é no fundo o mesmo que um shelly que se coloca dentro das caixas?

@zephirus, já não quero mais Legrand, gosto mais do material da EFAPEL, e também é a única com os espelhos que a minha mulher gosta :innocent: (e diga-se de passagem que não são nada baratos).

A linha que tinha da Legrand também era do gosto da minha mulher, só que de tempos a tempos tinha que mudar os espelhos porque perdiam a cor, com os da EFAPEL não existe esse problema…

Quanto ao ZigBee que coloquei, sim é idêntico aos Shelly, menos no preço.

Eu comecei por colocar desses módulos WiFi, porem tenho um interruptor que nos próximos anos não será possível chegar à caixa de derivação onde este liga para puxar um fio neutro para o modulo WiFi, e assim tive que adquirir um modulo ZigBee sem neutro para esse interruptor, e como os ZigBee não funcionam sem concentrador, também comprei o Sonoff Dongle Plus.

Entretanto comecei a fazer contas à vida e percebi que se instalasse só módulos WiFi, dentro em breve iria esgotar a capacidade de convecção de equipamentos ao router.

Assim, decidi que tudo o que puder instalar em ZigBee vou instalar nessa tecnologia, o que só conseguir adquirir em WiFi, terei que adquirir WiFi.

1 Curtiu

Por experiência pessoal não é preciso instalar shelly’s nos interruptores. Optei por pôr os meus (que são 10) a controlar interruptores, nas caixas de derivação. Motivo, mais espaço e já lá tenho o neutro menos um fio para passar para o interruptor, menos trabalho.

Certo, é uma solução. Se calhar ainda vou dar uma vista de olhos nas minhas caixas mas até tenho medo. Acho que quando as abrir, a casa é invadida por cabos :smiley:


Copyright © 2017-2021. Todos os direitos reservados
CPHA.pt - info@cpha.pt


FAQ | Termos de Serviço/Regras | Política de Privacidade