Como interpretar corretamente as leituras do meu contador com o HA?

Estás na batalha errada.

A tua batalha é obrigar a EDP a enviar os dados ao comprador, a tempo e horas…

Depois disto, sim, podemos confirmar valores…

Não dúvidas que estás certo… O problema é não teres como confirmar os valores com precisão. Acho mesmo que é preciosismo meu, mas gostaria de ter exatamente o que recolhem. Atenção que podes ser enganado pela E-redes/EDP ou pelo comercializador, duas entidades totalmente independentes.

hxxps://github.com/nikito7/edpbox/blob/dev/tasmota/notes/profile-2.js

Demo 3

hxxps://github.com/nikito7/edpbox/blob/dev/tasmota/notes/profile-3.js

O eb1 é kaifa, acho eu
O eb3 da falida janz

Hoje liguei para a E-Redes. Opção autoconsumo.

Segundo me informaram estão a atualizar o site. Essa atualização na parte das leituras vai ter a leitura total para vazio, ponta e cheia tal como tem hoje e vai ter uma outra com os dados cálculados tendo em conta ao saldo injeção / consumo de períodos 15/15 minutos.

Além disso falei da diferença da hora. Nem questionou nada. Simplesmente agendou de imediato visita de equipa para fazer a atualização da hora.

Vou dando feedback.

2 Curtiram

Tal como prometido, deixo aqui uns excertos interessantes. Pedi ao meu comprador de energia que me enviasse o diagrama de cargas que a E-redes lhes envia para informar o quanto produzi. Para que faça sentido, ponho um screenshot do cabeça-lo do documento e depois um outro com as medidas mais a frente.

Gostaria de ouvir do grupo se alguém consegue entender…


Para aqueles que ainda têm, como eu, o sonho de colher as contagens oficiais do seu contador, deixo aqui um balde de água fria.

Com a ajuda especial do @nikito7, eu criei um script para pegar o diagrama de cargas ou seja, os valores de 15 em 15 minutos de cada dia. Entretanto, quando há um salto do contador que incrementa o registo a ler, o contador (no meu caso o Kaifa) perde-se e volta atrás. Vejam a figura a seguir onde tenho comando enviado, a hora no computador, a data/hora no contador e os valores de -A e -A. Observem que ao incrementar o registo a ler, de 0xAFF para 0xB00, o tempo volta atrás…

Peço à comunidade sugestões de como ultrapassar o problema…

Mais de um mês depois, continua tudo igual. Sem acesso às minhas leituras. Sem terem entrado em contacto comigo, como pedido.

No site não tenho isto ativo. Deveria?

Acho que isto dá acesso a terceiros aos mesmos dados que tens, ou seja, nenhum! O mesmo caso aqui comigo…

Esta semana encontrei o seguinte regulamento da ERSE.

As regras estão bem simples.
Sugiro a leitura.

Obrigado pela partilha! Acho, entretanto, que é mais uma lei/adaptação que os operadores só cumprem quando querem… Continuo sem acesso “oficial” ao meus dados de consumo/produção. Pior, o diagrama de cargas entregue ao comprador da minha energia não bate botas com perdigotas.

Já reclamei; o comprador reclamou; continuamos à espera de uma resposta da E-redes.

Estive a comprar os dados quarto-horários do link “mágico” de consumptions com os valores de um contador Carlo Gavazzi também à entrada da minha instalação e sem sombra para dúvida que os valores da E-Redes são em kW.

Ou seja, são a potência média para cada intervalo de 15 minutos. Assim, para chegar à energia, é só dividir o valor por 4 (15 minutos / 60 minutos = 1/4 horas).

PS: A diferença entre os 2 contadores é inferior a 0,5% para 13 dias de comparação (370kWh)

Dei com mais uma que não entendo. Eu estou a recolher o chamado “last profile” que é o contador que te dá o diferencial de consumo entre cada 15 minutos (4 valores por hora). Nele há o +A e o -A que são, respectivamente, a importação e a exportação no período dos últimos 15 minutos. É isto que compõe o “diagrama de cargas” entregue pela E-redes. Entretanto, eu também colho os totalizadores, ou seja, aqueles que te dão total de tudo que já consumiste/produziste desde que te instalaram o contador.

O problema é que se eu somar os valores de quarto de horas, quer seja para importação ou exportação, então o valor obtido desta soma deveria ser aquele que obténs pela diferença entre a variação do totalizador no mesmo período. Os números não coincidem! Desafio a quem colhe também esta informação a fazer soma de todos os quartos de leituras e depois ver se batem com a variação dos totalizadores.

Já agora, alguém sabe dizer qual seria o erro máximo entre este valores?

Já questionei a E-Redes e também simulei isso com os dados do portal da E-Redes.
Os valores dos totalizadores do contador não têm em conta a injeção. São apenas o consumo.

@lopitos
Repara que a diferença em quartos de hora define o que compras/vendes à cada 15 minutos. Isto só afeta como será feita a faturação, quer seja a favor do vendedor de energia ou a favor da tua exportação.

Independentemente disto, o contador não deveria, em teoria, fazer qualquer tipo de contas. Assim sendo, o somatório dos quartos de hora deveria ser aquele que acrescia aos totalizadores. Entretanto, não é o que verifico.

Verificas isto também?

Para quem não tem leitura (i.e.: Tasmota) no contador, basta colher o valor manualmente do contador de consumo tipo às 9:00hs e depois pegar o mapa de cargas da E-redes. Pegar os dados na E-redes e somar os quartos de hora que, se somados ao valor que pegou no contador, deveria ser aquele que ele teria de ter registado.

O meu contador já perdeu 2 ciclos.

Literalmente andou para trás.

O energy dá erro quando isso acontece.

Só para dizer que nada é perfeito

1 Curtiu

Pois @nikito7… Mas quando estes erros te vão ao bolso, têm de ser corrigidos. Eu não quero deixar de pagar 1 Watt que tenha consumido mas também não quero deixar de receber 1 Watt que tenha produzido. Se concordarmos com um “leve erro”, quando acontecer um “grande erro” quem é que distinguirá um “leve erro” aceite e de um “grande erro” não aceite? O homem vai a Marte mas não consegue medir com precisão a energia que consumo e produzo?

Pergunto: Há alguém no fórum com experiência em pedir um segundo contador para contrariar legalmente estas falhas?

Confesso que continuo confuso/perdido relativamente a como interpretar as medidas entregues pelo contador.

Hoje comparei as medidas do meu inversor e vi que ele reporta, como consumo/produção, numa determinada hora um valor muito próximo do “last profile” x 4.

O valor que retiramos no “last profile” dá qual foi o incremento de consumo/produção nos últimos 15 minutos. O valor para o mesmo período que a E-redes nos publica é este valor do “last profile” multiplicado por 4, e vejo coerência do mesmo no valor reportado pelo meu inversor.

Alguém consegue explicar-me o racional disto?

Por exemplo, suponhas que queres conferir se o acréscimo à cada 15 minutos vai parar corretamente ao totalizador do contador. Para este efeito recolhes, ao mesmo tempo, o “last profile (últimos 15 minutos)” e o totalizador de consumo.

Para saber o quanto o totalizador deveria incrementar devo multiplicar o valor do “last profile” por 4 antes de somá-lo ao valor anterior do totalizador?

Apenas deves somar grandezas na mesma unidade de medida.
O totalizador é em kWh. Se o tal “last profile” for em kWh, sim deves somar. Se for o valor da potência média também podes somar, mas não será tão preciso.

Neste caso vais fazer 4 somas por hora. Se estiveres a multiplicar por 4 o valor estás a somar 4 vezes mais cada período de 15 minutos.


Copyright © 2017-2021. Todos os direitos reservados
CPHA.pt - info@cpha.pt


FAQ | Termos de Serviço/Regras | Política de Privacidade